Maria Antónia Oliveira

This member has 13 works published.

"Relações Incestuosas: Escrever a Vida de um Escritor. O Meu Caso com Alexandre O'Neill"

Artigo publicado na “Revista Desassossego” nº7 da Universidade de São Paulo.

Curso de verão - Atelier de Biografia

Curso de Maria Antónia Oliveira. Universidade Nova de Lisboa – Faculdade de Ciências Sociais e Humanas. Data: 16 a 27 de Julho, das 18h00 às 20h00, de segunda a sexta-feira. Estão abertas as inscrições.

">Biografar Camilo: A Verdade Está Debaixo de uma Tábua

Apresentação no âmbito do Ciclo CCB no CCB. Sábado, dia 27 de outubro, às 15h na Sala Almada Negreiros do Centro Cultural de Bélem.

Curso de verão – Biografia: Teoria e Prática

Curso de Maria Antónia Oliveira. Universidade Nova de Lisboa – Faculdade de Ciências Sociais e Humanas. Data: 4 a 15 de Julho, das 18h00 às 20h00. Estão abertas as inscrições.

Torn Curtain

Se o pano não tivesse sido rasgado naquela noite, as coisas não se teriam encaminhado da maneira que ele depois me contou. O pano era uma porcaria dum pano, não valia nada, dizia ele. O problema era que tinha pertencido à avó dela, e estava todo estraçalhado, como se tivesse sido vítima de uma fúria […]

António Ferro, antes do S.P.N. e do S.N.I.

“A Dança é a ideia fixa da Mulher, a ideia fixa do seu corpo. Quando a Mulher dança sai fora de si, sai fora de si a passear… A Dança é o jardim das mulheres, a cocaína dos seus corpos, uma cocaína que não foi proibida. As mulheres dançam para não pensar, para que os […]

Outro Capítulo do Folhetim “O Outro”

Já está online o oitavo capítulo do folhetim O Outro. Faltam só dois capítulos! Capítulo VIII – “Run away” — Ó amor, devias deixar isso da noite. É uma canseira e não dá nada, não ganhas dinheiro de jeito… E eu também não estou nada bem lá na loja! Tenho andado a pensar num negócio… […]

Claude Cahun (1894-1954)

http://youtube.com/watch?v=08icEkG2pMM Lucy Schwob nasceu em Nantes, em 1894. Era sobrinha do escritor Marcel Schwob. Adoptou o pseudónimo Claude Cahun em 1917. A seguir à Primeira Guerra Mundial, vai viver para Paris com Suzanne Malherbe, sua companheira até à morte. Frequentou o grupo surrealista. Em 1938, instalou-se em Jersey, onde levou a cabo acções contra a […]

Colóquio Letras nº 163, 2003, vol. I, p. 150

Vozes da Poesia Europeia – I Tudo que os homens fazem sob o império da cobiça, do medo, da volúpia, da cólera, do gozo, da ambição, há-de ser matéria deste livro… Quando houve, aliás, tal abundância de vícios? Quando foi que a avareza mais largamente encheu a sua bolsa? Quando houve, do jogo, almas tão […]

Para a história do movimento LGBT em Portugal

Diário de Lisboa, 14 de Fevereiro de 1923: